top of page

Pranayama: controle sua respiração

O pranayama é uma técnica de controle da respiração, usada no Yoga e na Ayurveda, para cura física, mental e emocional. No yoga, é um dos pilares, e significa energia vital e expansão, é uma forma de domínio sobre o seu prana (energia cósmica/força vital).



A respiração é muito mais do que um mero fator fisiológico, é psicológico e pranico também, se tornando um dos atos mais importante para a vida. No dia a dia, não nos lembramos de respirar, deixando-a em um estado mecânico autônomo. O pranayama te ajuda a fazer uma respiração consciente, te ajudando nas decisões e comportamentos do cotidiano.


O nosso nariz tem um lado direito, que representa o Sol, e o esquerdo, que representa a Lua.


Se você está com dor de cabeça, por exemplo, tampe a narina direita e use apenas a esquerda para respirar, e em alguns minutos deve melhorar.


Se você se sente cansado, faça o contrário (o lado direito é quente, e esquenta rapidamente).


Você pode sempre utilizar pranayamas para substituir remédios, analgésicos para dor de cabeça, preferindo essa terapia natural que também é efetiva.


O pranayama promove:

- Energia e aumento da vitalidade

- Auxilia na limpeza do sangue

- Regula e equilibra o pH

- Reduz as toxinas presentes nos pulmões

- Ativa a glândula pituitária

- Estimula o cérebro através da liberação de endorfinas (hormônio do prazer)


Existem vários tipos de pranayamas com diferentes objetivos para serem praticados. Tem um para esfriar o corpo, outro para aquecer, um para energizar, outro para acalmar. Na Ayurveda, há uma técnica utilizada para cada um dos doshas. É recomendado escolher uma respiração com qualidades opostas às do dosha, para criar balanço e equilíbrio.


PRANAYAMA PARA VATA: NADI SHODHANA


O dosha vata é composto por ar e éter. Suas qualidades são secas, frias, leves, ásperas.


A melhor técnica para harmonizar vata é fazer respiração alternada entre as narinas, bastante rítmica e calmante.


Serve para aliviar tensões físicas, limpar a mente, trazer tranquilidade e reduzir stress. Pode ser feito durante momentos de ansiedade, estresse, exaustão etc.


COMO FAZER: sente-se em um lugar confortável, e onde esteja com uma temperatura agradável, sem frio. Feche os olhos, tampe sua narina direita com o dedão da mão direita e inspire calmamente pela narina esquerda.


Agora, tampe a narina esquerda com o dedo anelar, liberando o dedão e expirando pela narina direita e então inale novamente. Solte o dedo anelar e expire. Continue em um ritmo confortável por 5 a 10 minutos.




PRANAYAMA PARA PITTA: SITALI


Pitta é feito de fogo e água. Suas qualidades são quentes, oleosas, ácido. Essa repiração Sitali é refrescante, pode acalmar o excesso de Pitta.


Fazer sempre que se sentir com raiva, frustrado, com indigestões.


COMO FAZER: sente-se confortavelmente com a coluna ereta. Descanse as mãos confortavelmente sobre o colo, com as palmas das mãos viradas para cima. Feche os olhos. Agora enrole a língua e respire profundamente pela boca. Feche a boca e gentilmente toque o céu da boca com a ponta da língua. Expire pelo nariz.


Repita, inalando pela boca, com a língua enrolada, e expirando pelo nariz, com a língua no céu da boca (sem abri-la). Estabeleça um relaxante ritmo. Continue durante 1 a 2 minutos até que você se sentir física e mentalmente renovado.




PRANAYAMA PARA KAPHA: BHRASTRIKA


Kapha é feito de água e terra. Suas qualidades são pesadas, viscosas, oleosas. Esse pranayama estimula, aquece e elimina o excesso de Kapha. Ajuda a aumentar o fluxo de prana através dos canais energéticos do corpo.


Ajuda também a remover os excessos de congestão dos pulmões, e promovem clareza da mente. Fazer sempre que se sentir preguiçoso, letárgico, sem motivações.


COMO FAZER: Sente-se confortavelmente com a coluna ereta e as mãos descansando sobre seu colo. Feche os olhos. Suavize e relaxe a mandíbula e os músculos faciais. Pelo nariz, inspire profundamente. Sinta suas costelas se abrindo, encha o peito de ar.


Expire completamente, esvaziando os pulmões. Continue repetindo essa técnica, dando igual ênfase tanto para a inspiração quanto para a expiração. Mantenha sua coluna o mais reta possível, enquanto expele todo esse excesso de Kapha. Continue por 15 a 20 segundos, e então retorne à respiração normal.


Observação: Essa técnica deve ser feita, preferencialmente, de estômago vazio. Tenha um lenço em mãos, caso o excesso de muco seja expelido durante a respiração. Bhastrika deve ser evitada por pessoas que sofrem com condições cardíacas ou respiratórias. Durante a gravidez essa técnica também não é recomendada.


Fonte: WeMystic






12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page