top of page

Cúrcuma, halud, haldi.

Pode ser usado para equilibrar os 3 doshas, por ter sabor picante pacifica Vata e Kapha, e o amargo pacifica o Pitta.   Mas em excesso agrava Vata e também Pitta.

Sabores: amargo, levemente picante e adstringente

A cúrcuma é uma planta da mesma família do gengibre, originária da Índia e da Indonésia. Depois de secas, as raízes da cúrcuma são transformadas em um pó, também chamado de cúrcuma, utilizado como tempero.


Dentro do escopo das plantas medicinais, poucas possuem um amplo espectro de qualidades e usos medicinais como açafrão.

É uma planta herbácea da família do gengibre (Zingiberaceae), originária da Ásia (Índia e Indonésia). Da sua raiz seca e moída se extrai o pó, utilizado como condimento ou corante de cor amarela e brilhante, na culinária e no preparo de medicamentos. Tem sabor amargo, picante e adstringente.

A cúrcuma, também é  conhecida como Açafrão-da-terra, Açafrão, Turmeric, Haridra, Haldi.

Por ​​séculos, diferentes culturas têm utilizado a cúrcuma  para tratar doenças e enfermidades. A ação medicinal mais conhecida do açafrão é como um poderoso anti-inflamatório.  No entanto, também atua como analgésica, antibacteriana, anti-alérgica, anti-oxidantes, anti-séptica, anti-espasmódica, adstringente, carminativa, digestiva, diurética.

É muito benéfica no tratamento de artrites e doenças auto-imunes. É coadjuvante nos casos de bronquite, asma brônquica, sinusite e rinite. Auxilia no tratamento dos eczemas, urticárias e acne. Também é uma opção no tratamento do diabetes mellitus, da obesidade e nos excessos do colesterol ruim.

Ajuda a aumentar o fogo digestivo. E tem um grande poder no tratamento e prevenção de tumores e cânceres. Externamente é indicado como cicatrizante.

Portanto, o Ayurveda aconselha a ingestão diária desta especiaria como preventivo. Pode ser usada com legumes, arroz, feijão, lentilha, ou em qualquer outra preparação.


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page